Notícias

Começa o Seminário Vivo EnCena


Em evento gratuito, fruto de uma parceria da SeráQuê?Cultural e do programa Vivo EnCena, agentes culturais discutem propostas para a implantação de um Sistema Nacional de Cultura

 

 

A data é 28, 29 e 30 de junho, quinta, sexta e sábado. Nestes três dias, o público poderá participar, gratuitamente, do Seminário Vivo EnCena – Economia e Políticas da Dança, que vai reunir entidades representativas e personalidades das artes cênicas de Belo Horizonte e outras cidades do país para discutir o tema central do seminário, Economia e Políticas da Dança, e questões derivativas deste recorte.

 

O Seminário Vivo EnCena – Economia e Políticas da Dança é uma realização da  SeráQuê? Cultural em parceria com o Vivo EnCena, programa Cultural da Vivo para  as Artes Cênicas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e do Centro Cultural Virtual SeráQuê?.

 

Toda a programação acontece em Belo Horizonte, no Museu Inimá de Paula – na Rua da Bahia, 1.201, - entre 28 e 30 de junho. A entrada é gratuita.

 

Na programação de abertura, no dia 28, às 17h, será exibido um vídeo painel com entrevistas de artistas, estudiosos e pensadores sobre a dança no cenário nacional. Em seguida a mesa de discussões será aberta para a troca de ideias sobre os procedimentos que estão sendo propostos e praticados na implantação do Sistema Nacional de Cultura.

 

Os convidados para essa abertura institucional são a senhora Eliane Parreiras, representando a Secretaria Estadual de Cultura, a senhora Thais Velloso Pimentel, pela Fundação Municipal de Cultura, a senhora Cesária Alice Macedo, da Representação Regional do Ministério da Cultura - Minas Gerais, o senhor Henilton Menezes, pela Secretaria de Fomento do Ministério da Cultura, o senhor Antonio Grassi, pela Funarte e o senhor Expedito Araujo - Curador Artístico do Programa Vivo EnCena.

 

O Seminário será transmitido em tempo real on-line pelo portal do Centro Cultural Virtual SeráQuê? (www.centroculturalvirtual.com.br) no intuito de ampliar a abrangência desta discussão/ reflexão pública.

 

A inscrição deve ser feita através de Formulário disponibilizado no site centroculturalvirtual.com.br, que deverá ser preenchido e enviado para o e-mail: prod.jackiecastro@uol.com.br

 

SEMINÁRIO VIVO ENCENA – ECONOMIA E POLÍTICAS DA DANÇA

Há os que pensam que a cultura é um assunto da sociedade e que por isso o Estado deve intervir o mínimo possível. Há outros que acreditam que o Estado e a Sociedade têm papéis complementares e podem atuar juntos em beneficio da cultura. Há os que pensam que o termo cultura se refere somente às atividades intelectuais e artísticas. Outros entendem a cultura de forma mais ampla, como modos de viver, fazer e criar de indivíduos, grupos, povos e nações. Por ser mais ampla, essa concepção engloba também a anterior. Em um momento que estão sendo discutidos os procedimentos ligados às dimensões da cultura – Simbólica, Cidadã e Econômica – a Associação

SeráQuê? Cultural em parceria com o programa cultural Vivo Encena, e por meio do Centro Cultural Virtual SeráQuê?, convidam o Estado e a Sociedade para um encontro. 

A Dança como um dos setores produtivos das artes cênicas tem discutido e confrontado seus procedimentos. Uma rede crescente de pessoas discute assuntos relacionados à Formação, Difusão, Consumo, Gestão, Articulação e Diversidade Regional, Leis Trabalhistas e Tributárias, Aprimoramentos de instrumentos de incentivo e fomentos, entre tantos outros assuntos.

 

O norte principal deste seminário é a mobilização de agentes culturais ligados ao setor Dança para discussão dos procedimentos que estão sendo propostos e praticados para a implantação de um Sistema Nacional de Cultura.

 

Este Seminário será transmitido em tempo real on-line pelo portal do Centro Cultural Virtual SeráQuê? (www.centroculturalvirtual.com.br) no intuito de ampliar a abrangência desta discussão/ reflexão pública.

 

PROGRAMAÇÃO

 

Dia 28 – Quinta-feira - Abertura do Seminário - Economia e Políticas da Dança.

 

17h - Abertura:

Rui Moreira - Idealizador

Marcos Barreto – Gerente de Desenvolvimento Cultural da Telefônica | Vivo 

Mostra de vídeo painel com depoimentos de artistas de dança da região sudeste.

17h15 Mesa de abertura

Expedito Araujo – Curador Artístico do Programa Vivo EnCena.

Cesária Alice Macedo - Dirigente da representação regional do MinC. MG

Henilton Menezes - Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura 

Eliane Parreiras - Secretária de Cultura do Estado de Minas Gerais

Thais Pimentel – Presidente da Fundação Municipal de Cultura

Antonio Grassi – Presidente da Funarte

 

18h30 Painel Funarte – Fabiano Carneiro – Coordenador de Dança da Funarte

19h Roda de conversa 

Discutindo o Plano Nacional de Dança com os Artistas

Participam -  Antonio Roberto – Deputado Federal – Membro da Comissão de Educação e Cultura,  FÓRUM NACIONAL DE DANÇA, ASSOCIAÇÃO DANÇAMINAS, ENARTCI (Ipatinga), SINPARC, SATED, ASSOCIAÇÃO DE DANÇA DE UBERLÂNDIA, FID.

Mediador  Rui Moreira (MG)  Bailarino, coreógrafo e coordenador geral do Centro Cultural Virtual SeráQuê? 

 

Dia 29 – Sexta-feira

16h Dança na Universidade, um Projeto de Educação

Dulce Aquino – Pro Reitora de Extensão Universitária da UFBA e Membro do Conselho Nacional de Políticas Culturais.

Arnaldo Alvarenga (MG) - Coordenador de curso, professor de dança e professor de teatro e de dança na Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG

Mediadora - Bete Arenque (MG) – Bailarina, coreógrafa e educadora – coordenadora de conteúdos do Centro Cultural Virtual SeráQuê?

 

Dia 30 - Sábado

10h Transversalidade entre a Gestão, Criação.

Vídeo Painel 

Solange Borelli – Produtora e gestora cultural (SP)

Lucia Matos – Professora e coordenadora do PPG Dança - UFBA / Membro do Grupo Gestor da Red Sudamericana de Danza

Mediadora - Marília Rameh (PE) - Bailarina e coreógrafa e Assessora de Dança da Fundarpe - Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

 

14h30

Economia e Criatividade -

José de Oliveira Júnior (MG)  - Diretor de projetos e apoio ao trabalhador associado do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (SATED-MG) 

Lala Deheinzelin (SP) - Especialista mundial em Economia Criativa & Desenvolvimento Sustentável, e criou e coordena o movimento internacional Crie Futuros.

Mediador - Gustavo Jardim (MG) – Realizador audiovisual, gestor cultural e professor de políticas culturais

 

Centro Cultural Virtual SeráQuê?

 

Um dos principais pilares da parceria com o programa Vivo EnCena, o Centro Cultural Virtual SeráQuê?  - www.centroculturalvirtual.com.br - tem por finalidade a promoção da arte e da cultura, a defesa e a conservação do patrimônio histórico e artístico, estudos e pesquisas, desenvolvimento de tecnologias alternativas, produção e divulgação de informações e de conhecimentos artísticos, técnicos e científicos.

 

Com abrangência nacional, o Centro Cultural Virtual trabalha a informação, formação e

apreciação artística em dança, conectando-se com parceiros e estabelecendo uma rede para a difusão da produção desse segmento. Atua com foco em arte, educação e cultura, compartilhando pesquisas, metodologias, processos, calendário, notícias, produção literária e entrevistas com profissionais das mais diversas áreas da dança.

 

 

Sobre o Vivo EnCena

 

Programa cultural da Vivo para as artes cênicas, estimula a conexão de projetos e promove o intercâmbio de pessoas em diferentes estágios de suas carreiras. O teatro e a dança são pensados além do espetáculo, sendo estabelecida uma rede de ações de difusão, circulação, mobilização e formação por todo país, compartilhando histórias inspiradoras, conceitos inovadores e ideias transformadoras no âmbito das artes cênicas.

 

O Vivo EnCena é realizado há dois anos, está presente em 18 estados do país e já patrocinou mais de 50 projetos continuados, além de realizar projetos próprios e a curadoria do Teatro Vivo e do Grande Auditório do MASP, na cidade de São Paulo. O programa utiliza o teatro e a dança como ferramentas vivas de acesso, reflexão, inclusão, autonomia e transformação para trazer resultados positivos sobre a trajetória e sustentabilidade de todos.

 

Serviço
SEMINÁRIO VIVO ENCENA – ECONOMIA E POLÍTICAS DA DANÇA
DATA: 28, 29 E 30 DE JUNHO
LOCAL: MUSEU INIMÁ DE PAULA
Endereço: Rua da Bahia, 1201 – Centro – Belo Horizonte - MG
HORÁRIOS: ver programação

ENTRADA GRATUITA

Inscrições através do telefone (31-3222 1438) ou pelo e-mail prod.jackiecastro@uol.com.br

 


Autor / Fonte:Adilson Marcelino




Comentários