Notícias

Faça Algum Barulho em SP, SC, BA – Rui Moreira Cia de Danças



São Paulo, Santa Catarina e Bahia. Estes são os três estados que formam a turnê do espetáculo Faça Algum Barulho, da Rui Moreira Cia de Danças, que começa no dia 04 de outubro e vai até o dia 27.


O público de Orlândia (SP), Florianópolis (SC) e Salvador (BA) poderão conferir o novíssimo espetáculo da companhia, que estreou neste ano em Belo Horizonte (MG).


As apresentações serão da seguinte forma:

Orlândia (SP) – 04/10, às 20h, – Teatro Municipal Maria José Bordim – 16 3820-8153
Florianópolis (SC) – 06/10, às 20h, Célula Cultural Mané Paulo – 48 3234-5078
Salvador (BA) – 27/10, às 20h, Teatro Sesc Senac Pelourinho – 71 3324-4530


A turnê de Faça Algum Barulho é uma realização da Rui Moreira Cia de Danças em parceria com o Vivo EnCena, Programa Cultural da Vivo para as artes cênicas.


Faça Algum Barulho é um duo que coloca em cena dois dançarinos – Rui Moreira e Rodrigo Bboy - que confrontados por suas diferenças individuais e culturais reinventam sua expressão artística. No diálogo entre gerações, os conflitos, barulhos ou ruídos podem se transformar em poesia e aprendizado mútuo. Personificando estas diferenças, cada dançarino assume um traço, o que cria uma batalha inusitada entre um “Bboy” e um “Palhaço” da Folia de Reis. Este encontro poderia também ser anunciado como um desafio entre os lundus e as danças urbanas do hip hop.


Visões históricas de passado e presente significam tanto uma volta às origens quanto uma viagem nas transformações desordenadas percebidas mais acentuadamente nos grandes centros urbanos. O espetáculo Faça Algum Barulho propõe a reflexão sobre uma crise de valores materiais e propõe uma revisão espiritual através do “simples”. Sons de guizos, tampas de garrafa amassadas esbarrando umas nas outras em meio a buzinas e outros sons eletrônicos ou mecânicos são signos do encontro entre as tradições na urbanidade.


Ficha Técnica

Compilação musical e edição de vídeo - Rui Moreira
Concepção e coreografia – Rodrigo Peres e Rui Moreira
Iluminação – Edimar Pinto
Elenco – Rodrigo Peres e Rui Moreira
Duração do espetáculo – 40 Minutos
Censura - livre

 

Rui Moreira Cia de Danças

 

Inaugurando nova fase de Rui Moreira, esta recém-criada companhia é fruto da trajetória reconhecida nacional e internacionalmente de um dos mais relevantes artistas da dança brasileira. Com este empreendimento, Rui chama para si a responsabilidade de criar espaço apropriado para acolher a diversidade e a experiência de artistas contemporâneos com trajetórias autorais a partir de projetos específicos. Atuando como um espaço sênior no cenário da dança, a Rui Moreira Cia. de Danças compõe uma incubadora de artes no contexto da Associação SeráQuê? Cultural, associação de fins artísticos culturais que cria condições para que os processos autorais, frutos de pesquisas, possam ser desenvolvidos, vistos e difundidos.

 

Rodrigo Bboy - Dançarino e coreógrafo - Rodrigo Peres – aka Rodrigo Bboy - nasceu em Belo Horizonte, onde vive até hoje. Dançarino de festas de rua nos anos 80, especializou-se na dança Break e se desenvolveu nos vários estilos das danças urbanas. Parceiro criativo de Rui Moreira desde o inicio dos anos 90, faz ponte da sua corporeidade urbana com a linguagem acadêmica desenvolvendo uma cena que mistura o palco com as ruas.

 

 

Sobre o Vivo EnCena

A Política Cultural Vivo tem como base conceitual o estímulo à formação de redes nos diversos setores artísticos. O Vivo EnCena, programa cultural da Vivo para as artes cênicas, tendo atuação potente nos setores do teatro e da dança, atua como estímulo à criação de novas pontes e possibilidades sustentáveis, promovendo intercâmbio entre pessoas em diversos estágios de suas carreiras. Mais que discutir, pretende-se criar novas pontes para a cultura e educação.

Por meio de ações como o Seminário “A Sociedade em Rede e o Teatro”, projetos “Vivo EnCena Teatro e Animação”, patrocínios incentivados em todo o país e a curadoria do Espaço Cultural Vivo na cidade de São Paulo, o programa estimula a conectividade e a transformação utilizando-se das artes cênicas para gerar interação e, assim, promover a criação de redes com planos de futuro sustentáveis.

 

Serviço:
Faça Algum Barulho – Rui Moreira Cia de Danças
Orlândia (SP) – 04/10, às 20h, – Teatro Municipal Maria José Bordim – 16 3820-8153
Florianópolis (SC) – 06/10, às 20h, Célula Cultural Mané Paulo – 48 3234-5078
Salvador (BA) – 27/10, às 20h, Teatro Sesc Senac Pelourinho – 71 3324-4530



Autor / Fonte:Adilson Marcelino




Comentários